Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saboroso Desejo

 Eu escreveria até cem palavras,
 Jamais expressaria o grande amor,
 Eu a visitaria todos os dias,
 E mesmo após partindo, seria comum a dor,
 Eu distrairia contigo de todos os gracejos,
 E mesmo após cansado, sorriríamos em cor,
 Eu andaria contigo a eternidade,
 E temeria, se houvesse um fim...
 E se a dama cansar, carrego-te,
 Levo em meus braços, querubim.
 Pois pelo mesmo motivo que percorro,
 Os caminhos tortos, teremos sim,
 Mas muito além de vida, temos nós,
 Sei que tenho a preciosa pedra de Rubi,

 E eu amarei querida, cada parte sua, cada canto, cada   lado, cada espessura,
 Cada curva, lingua, louco, em amor.
 Pois te quero, te desejo, sonho, falo, mudo, toco, vibro, choro, excito. E a cada encontro eu te gosto mais, eu transpiro de querer, da-me vontade de lhe enlouquecer, queima aqui dentro de prazer, e que o mundo lá fora nao se importe com a gente, pois meu fogo é ardente e sentirás.
Aquilo que poucos ousaram gozar.
... A vida.
Poet
Enviado por Poet em 23/10/2006
Código do texto: T271285
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poet
Campinas - São Paulo - Brasil
40 textos (3951 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:50)
Poet