Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lembranças

Lembro, tudo ainda parece muito recente,
Daquela aurora de ilusões sem fim
Que me deixou, sempre, a esperança,
De um dia ter esse amor para mim.

Mas de súbito veio uma brisa de desalento
Ateando poeira da noite escura em mim!
E eu não mais busquei no amor a cura
Para os males desse doce sentir afim.

Pela a estrada afora andei... Andei sem destino,
Em busca de um sorriso de verdade-verdadeira
Era ilusão momentanea do meu sonho de menino.

Eu queria um amor de fogo e paixão ardentes!
Que quando jovem sempre acreditei
Agora cresci e dizer a verdade não sei
Porque esse louco desejo ainda me incendeia.
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 03/11/2006
Reeditado em 04/11/2006
Código do texto: T280881
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3129 textos (79585 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 07:53)
R J Cardoso