Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO EMBALO DA SAUDADE

*Fanny*

Vem amor, eu sei que sentes a mesma saudade,
alma gémea sente as mesmas brisas de amor eterno!
Solta as amarras do teu sentir contido,
desfaz os equívocos, o destino está-nos prometido.
O teu coração ainda não te falou dos meus segredos ternos?
Sonhos cativos, ávidos de esperança, de liberdade...
Eles esperam tua chegada...o teu suave regressar...
Talvez no anoitecer, vestido de ténues luzes pintadas de luar,
enfeitado de sorridentes estrelas doiradas?
Talvez, nas madrugadas celestes de ternuras belas?
Ou no amanhecer dos nossos olhares cintilantes
recolhidos no entardecer dos nossos carinhos
sentidos e experimentados?!

Ah amor...vem!
Eu espero-te no mesmo mar das nossas emoções acordadas!
Desfaz os nós destes nossos destinos trocados.
Vem ... eu sei que virás!...
Minha alma escuta os murmúrios do teu pensar!
Vem anjo meu, minha metade reencontrada...
enquanto te espero no embalo da nossa saudade entrelaçada!
Fanny Estrela
Enviado por Fanny Estrela em 27/06/2005
Código do texto: T28282

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fanny Estrela
Portugal
230 textos (6828 leituras)
1 e-livros (100 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:20)
Fanny Estrela