Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUERO LAMENTAR...AS SAUDADES...



         SÃO TANTAS SAUDADES...PASSADAS..
         SÃO TANTAS SAUDADES...ULTRAJADAS.
         SÃO TANTAS...EMOÇÕES LACERADAS..
         QUE ALMA NÃO SUPORTA...CHORAR..
         CHORA UM CHORO...BEM LIGEIRO..
         EM TEMPOS DE TECNOLOGIA...UM CHORO CIBERNÉTICO.
         AS SAUDADES...SÃO RÁPIDAS..SAGAZES..RECEITADAS.
         HOJE, SENTIR SAUDADE...NÃO TEM GRAÇA, É MAZELA.
         TEMOS QUE VIVER O HOJE...E SÓ...QUE SAUDADE..
         DA VELHA AMIGA SAUDADE...QUE NOS FAZIA CHORAR..
         POR HORAS...E HORAS...AS SAUDADES DELICIOSAS..
         É TEMPO DE LAMENTAR...TAIS SAUDADES..
         QUE NOSSOS ANCESTRAIS SENTIAM...
         AGORA..HÁ POETA..QUE..NÃO CHORA, IGNORA.
         A FONTE INSPIRADORA DO SENTIR...DO VIVER..
         QUE É A ETERNA SAUDADE...MUSA DO RESSENTIR.
Valéria Guerra
Enviado por Valéria Guerra em 07/11/2006
Código do texto: T284865
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Valéria Guerra
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3365 textos (114283 leituras)
196 áudios (9284 audições)
3 e-livros (173 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/06/17 19:49)
Valéria Guerra