Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lembranças

Não se apaga o melhor de ti... que há em mim!
O sorriso adolescente a me admirar,
lembranças de nossas conversas sem fim!
E o medo que surgiu com o verbo amar!


Não devia perder-te sem tentar...
Queria muito poder te dizer,
mesmo que ousasse te raptar!
Para meus sentimentos... você conhecer!


Desejei muito você comigo!
Ao seu lado sonhava viver...
mas via-me apenas como um, amigo!?
Frustrando assim meu bem querer!


Ao teu lado eu sofria,
queria negar-te a amizade!
mas sem te ver... eu não queria!
Você...meu dilema de fim de tarde!


Então meu ser em dor sucumbiu...
Um martirio não podia suportar,
e este pesar maior surgiu...
Seus lábios não pude ao menos beijar!


Assim você saiu da minha vida...
Desapareceu como uma brisa de mar,
que se tornou uma saudade querida!
De um dia poder de novo te encontrar!


Não para coisa alguma te cobrar...
Nada do passado tens a me dever...
apenas meus olhos queriam poder,
em seu olhar novamente repousar!

Marcelo Scot
Enviado por Marcelo Scot em 12/11/2006
Reeditado em 04/04/2007
Código do texto: T288963

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Scot
São Paulo - São Paulo - Brasil, 52 anos
388 textos (34974 leituras)
9 áudios (1478 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:55)
Marcelo Scot