Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na sombra do cajueiro

    Na sombra do cajueiro
    Eu vejo a vida passar...
    Você cresceu como ele
    E de roda não quer mais brincar.

    Lembro você bem pequena
    Já bem arisca e faceira
    Corria e sempre escondia
    Atrás daquela mangueira
    Depois gritava bem alto:
    _Corre, vem me pegar!

    A lua cheia estava bem no meio do céu
    Clareando nosso mundo
    Nosso universo de mel

    Como foi linda nossa infância querida
    Se pudesse voltar a viver sem malícia

    Hoje nos olhamos nos olhos
    Com uma nova emoção
    Sensação diferente
    Coisa que nunca pensamos
    Coisa que nunca vivemos

    Só uma coisa é igual
    A mesma lua está
    Bem no meio do céu
    Clareando nosso mundo
    Nosso universo de mel.
Dja
Enviado por Dja em 15/11/2006
Código do texto: T292457
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dja
Brumado - Bahia - Brasil, 58 anos
69 textos (5218 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:40)
Dja