Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Silêncio



Transborda de meu peito
Um inacessível silêncio
Transborda em tempos de sequidão
Como um copo a um canto esquecido
Sem saber bebida, sem provisão.
Esse caminho que faço
Por onde arrasto a fadiga
Retornando a casa agora tão “deserto”.
Berra a realidade ao meu ouvido...
Em cada poro:
Nunca, nenhum lugar onde cheguei
Trouxe tamanho alívio e paz à alma
Quanto passar nalguma porta
E ter com o berço de teus braços...reviver !!!
Esparramar minha alma e meu cansaço
Suprida no aconchego que é você.

Sônia C Prazeres
Enviado por Sônia C Prazeres em 17/11/2006
Reeditado em 13/02/2007
Código do texto: T294203

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Sônia C. Prazeres www.soniaprazeres.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sônia C Prazeres
Santos - São Paulo - Brasil, 59 anos
178 textos (8563 leituras)
15 áudios (1757 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:23)
Sônia C Prazeres