Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A VISITANTE

Chegou como chega a noite,
Com o vento frio do deserto.
Tinha o rosto encoberto
E uma cruz de sangue no peito.

Tocou os móveis do quarto
Com as mãos esquálidas,sem vida...
Era sonho,era a morte? o espectro
Não revelava a que vinha.

Sentou ao meu lado na cama
Soprando esses versos fatais:
"Sou tua saudade morta!"

Ergueu seu corpo de drama,
Gravou "solidão" nos umbrais
Enquanto batia a porta.
Gilberto de Carvalho
Enviado por Gilberto de Carvalho em 19/11/2006
Reeditado em 14/08/2009
Código do texto: T295438
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilberto de Carvalho
Pirajuí - São Paulo - Brasil, 44 anos
299 textos (13315 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:42)
Gilberto de Carvalho