CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Se eu soubesse que seria a última vez.



Se eu soubesse que essa seria a última vez
Que olhava pra você dormindo no nosso ninho
Eu a aconchegaria em meu peito com tanto carinho
E rogaria ao Senhor que a protegesse mais uma vez.

Se eu soubesse que seria a última vez
Que a veria sair por aquela porta escura
A abraçaria com toda força que um amor pode ter
E a beijaria infinitamente com desejo e loucura.

Se eu soubesse que seria a última vez
Que ouviria sua voz em oração, canção ou poesia,
Eu filmaria cada gesto, cada palavra, meu amor,
Para que, ao menos, pudesse ver e ouvir, dia após dia.

Se eu soubesse que essa seria a última vez...
Diria mil vezes “eu te amo, minha querida,
Você é o tesouro mais lindo da minha vida,
Fique comigo, esqueça o mundo, só desta vez!

Não! Se eu soubesse que seria a última vez,
Inconformado, imploraria ao céu se preciso
Que me deixasse ficar com você um pouco mais
Para que meu amor a transportasse ao paraíso.

Pequeno me tornaria, deitado no seu colo, menino.
E, não deixando você partir, talvez a teria agora.
Ah, se eu pudesse, não a deixaria ir embora,
E, quem sabe teríamos conseguido enganar o destino!

Lídia Sirena Vandresen  (01.06.08)

OBS: Poesia inspirada no texto escrito pelo esposo
da aeromoça morta no acidente do avião da TAM (17.07.2007)

Lídia Sirena
Enviado por Lídia Sirena em 13/05/2011
Código do texto: T2968637

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Lídia Sirena
Planaltina do Paraná - Paraná - Brasil
70 textos (4274 leituras)
2 áudios (173 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/14 03:48)