Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Brindando a saudade...

Pingos e respingos na vidraça
de uma chuva intermitente
que cai lá fora
e, aqui dentro, o peito chora
tristemente,
o coração ainda se ressente
e afoito, descompassa...

O rosto molhado,
ainda tem em si o calor
do teu corpo suado
e, da noite de amor,
resta o pecado
de ter-se acabado
deixando apenas um vencedor

é tempestade!
lá fora, desaba o céu
retumbam as trovoadas...
aqui dentro, só infelicidade!
o pensamento que voa ao léu
e afoga-se em enxurrada
de lágrimas de saudade...

Um brinde agora faço eu,
no gole do vinho não mais gelado...
a chuva, agora escassa
o tempo mais lento passa
e, o amor, tão amado,
afoga-se no vinho da minha taça
Viva o sonho que morreu!
Lara
Enviado por Lara em 08/07/2005
Código do texto: T32265
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lara
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 61 anos
113 textos (9672 leituras)
3 e-livros (253 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:04)
Lara