Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

regresso

Nestes últimos dias, mais tem –me parecido noite,
quão vazio e sem cor tem sido meu  ambiente!
sofro por sua ausência,
triste, tenho tentado sobreviver
não fosse a pulsação da saudade latente.
Tão íngreme tem sido o aclive
de meus olhos além do mar,
em mim, só a opaca tristeza
transcendem dos meus poros
a felicidade que eu tive
em ter tido você um dia
junto ao meu coração.
Insiste o tempo numa irritante lentidão
retardar o regresso de quem tanto amo,
com as veras de meu coração!
luz
Enviado por luz em 22/07/2005
Reeditado em 22/07/2005
Código do texto: T36790
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
luz
Santos - São Paulo - Brasil
65 textos (8882 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:00)
luz