Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

saudades a dor das ausências


Com é ruim...
Sentir saudades, das pessoas.
Que a gente gosta.
E como sentir o sabor.
Amargo da derrota.
Pois é assim, que eu me sinto.
Um derrotado, com tua ausência.
A tua ausência me traz saudades.
Então lembrei, um ditado que diz.
Que a saudade é a dor das ausências.
Eu sinto a tua falta, e como sinto.
Falta-me o teu sorriso.
As tuas brincadeiras.
Mesmo quando, estavas zangada.
Eu estava ali, você era minha amiga.
Eu era teu amigo,
Nós nos completávamos.
Hoje eu não tenho você,
Eu só tenho saudades da amiga.
Que está distante,
Eu não queria sentir saudades.
Para não sentir,
A dor de tua ausência.
                                                         
Adriana:
Quando você foi morar no Paraná
Eu jamais pensei que iria sentir saudades de ti, mas sinto saudades de você e destes filhos maravilhosos que tens.
Um beijo deste amigo, que te ama:

                           Barba:
           
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 10/08/2005
Código do texto: T41597
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147475 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:30)
Volnei Rijo Braga