Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

enquanto isso... eu cresci

eu corria e brincava
mamãe e papai trabalhavam
eu, criança crescia em idade e estatura,
conforme papai do céu queria

era aquela festa todo dia
pássaros, peixes, plantas
com todos eu falava
com o vento me embalava

na brisa do amanhecer
pés descalços, correndo eu ia
para acolher ao sol que novamente
atrás do monte surgia

era tanta alegria que é difícil descrever
era tanta felicidade que eu me esquecia de voltar
tudo era tão lindo que hoje
a ser criança quero voltar

passou o tempo
eu cresci, meus irmãos também
papai e mamãe choravam
ao vê-los partir

pouco ou nada entendia
crescia, corria, brincava
para mim, naquele momento
tudo era alegria

mas o tempo passa
cresci, cresci e cheguei até aqui
hoje não brinco como antes
mas daquele tempo não me esqueci

papai foi pro céu
mamãe ainda me afaga
meus irmãos todos casados
lembram de mim, bebê de casa

foram tantos momentos
pura alegria e emoção
hoje estou crescido
trago tudo no coração

papai me ensinou a ser bom menino
isso nunca quero esquecer
mamãe me disse: vai para ser feliz
hoje estou aqui, mas lembro de vocês

mamãe no coração
papai também
uma multidão de amigos
todos amo e quero bem

não tenho ouro, nem prata
tenho um sonho e uma esperança
partilho eles com vocês
amigos de confiança.
Hermes José Novakoski
Enviado por Hermes José Novakoski em 12/08/2005
Reeditado em 12/08/2005
Código do texto: T42071
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hermes José Novakoski
Marituba - Pará - Brasil, 35 anos
477 textos (375269 leituras)
1 áudios (83 audições)
2 e-livros (440 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 01:54)
Hermes José Novakoski