Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MATEANDO NO CÉU

Seu Victorio pegou cuia e bomba
E partiu pra estância do céu
Lá chegando não estava solito
Seu Zé Otávio recebia-no feliz
Eis um diálogo bagual:
_ Buenas, Victorio!Sejas bem-vindo,vivente!
_Buenas, Zé!Que bom vê-lo,amigo!
Aqui nos pagos do céu,vamos campaer amizade!
_ Verdade, meu bom amigo!Lá nas pradarias do Sul,
nossas prendinhas queridas,campeiam versos!
_ O Patrão do Céu, há de abençoa-las com certeza!
_ Que assim, seja!Amém!
_Vamos matear, compadre!


http://denisesevergnini.multiply.com/journal/item/669
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 14/08/2005
Reeditado em 14/08/2005
Código do texto: T42541

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916712 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:12)
Denise Severgnini