Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Minha Sunny


A MInha Sunny

Amei-te como jamais amei
Te perdi como esperava.
Sem dor, com olhinhos fechados
Não vi tua despedida.
Entrei no quarto a chorar
Quase morri.
Perdi meu amor
De treze anos
Amados e queridos.
Sem traição nem desventura
Ah! Como te amo
E como te amei...
Acho que jamais
Amarei assim, outra vez
Falavas comigo pelo olhar!
Tudo entendias
E como...
Carinha bonita
Feita com o pincel mais renomado
do mundo dos pintores.
Eras  perfeita demais...
Quando dormias
Te contenplava.
Quando domingo,
Não estava mais só
No meu desalento de família perdida.
Tudo eras para mim.
Hoje só tenho um retrato
E a lembrança.
Lágrimas correm , deslizam
Profundas e amargas
Pois não tenho mais a ti.
Procuro-te pela casa
Não mais estás.
Estás no céu, creio eu
Com os outros bichinhos .
Sunny
Amor de minha vida
Cadelinha querida
Sempre te amarei!

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"

                      Eda Carneiro da Rocha.
                       
Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 25/08/2005
Código do texto: T45191

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14776 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:46)
Poeta Amor