Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema Inocente Pra Teu Sono

Dorme, querido, que eu vou te acalentar.
Dorme, meu bem, e eu fico a te olhar.
São vinte horas e teu corpo descansa
Quem sabe teu sonho vem e me alcança
 
Horas do dia a esperar uma mensagem
Que falasse da saudade de nós
Meus pensamentos, que bobagem...
Insistem em soltar a minha voz
 
E a minha voz grita teu nome
Mas lá no fundo ela some
Pois sei que teu corpo cansado
Só pede meu corpo a teu lado.
 
Descansa, meu amor, eu sei esperar
Quietinha, a sonhar contigo
Dorme, amado, o quanto precisar
Faze de mim teu abrigo
Cris Marco
Enviado por Cris Marco em 28/08/2005
Reeditado em 17/02/2015
Código do texto: T45872
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cris Marco
Campinas - São Paulo - Brasil, 53 anos
86 textos (4402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:20)
Cris Marco