Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Origens

Queria por um segundo revelar-te a origem do segredo
Mostrar o universo das coisas e do mundo
Calcar-te nas mãos o peso que trago nas minhas
Para que sentisses a dor que trago no lado esquerdo do peito...
Queria uma paragem no tempo
Um momento nosso
Em que te pudesse mostrar o tempo que já partiu, o que vivo e o que virá
Uma pausa vital, em que ouvisses o meu batimento cardíaco sempre que te olho...
Desejava apenas um minuto neste universo intemporal
Para que existíssemos apenas nós
Sem sentidos, medos ou palavras para que me acreditasses
Perdoasses e me deixasses partir com o tempo que já foi...
Queria revelar-te a origem do medo
Do meu pensamento de anciã
Bruxa, fada madrinha...
Da magia que me assusta embora me corra no sangue...
Prevê vida ora morte...
A origem deste corpo
Dos passos dados para trás ou apressados fugindo de ti
Porque quando te olho...
Estremeço
Batimento agudo
Suor escorrendo das mãos
Gravidade da alma
Alma sem palavras...
Que caminha
Ora andando no rumo oposto ao teu
Ora correndo de forma inconstante...
Queria apenas revelar-te a minha origem
Para que amasses
Entendesses
Este espírito selvagem que encontra destino
Num caminho distante ao teu...
Joana Sousa Freitas
Enviado por Joana Sousa Freitas em 03/09/2005
Código do texto: T47334
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Joana Sousa Freitas
Portugal, 40 anos
118 textos (7239 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:33)
Joana Sousa Freitas