Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Insônia. Saudade.

Sentimento repartido, uma voz que reparte os sentidos,
Me salvou, vem dos cantos, escondido nas esquinas,
“Ontem das dores”, debaixo do sorriso, o “sempre” do amor,
O resto, o tempo dos perdidos,
Não basta renegar, se partiu, e foi você quem dividiu,
Sem um rosto, debaixo do teu...
Uma trova, um trovão, um raio sólido, solidão,
Não é você quem escolhe, ela te busca,
Um diamante bruto, um coração lapidado,
Canção que invade a alma, e tão pouco representa,
A verdade do amor, o suor e sangue do trovador, trovão,
Lagrimas de expressão, a sinceridade da dor,
Um feitiço de amor,
Debaixo do sorriso teu, que dirá dos erros,
Dos seus cabelos o perfume, saudade...
O segredo selado, seus lábios, o beijo...
O abraço forte, o calor dos teus braços, decência...
Por tudo o que foi perdido, perdão...
Orgulho um pecado meu, burrice...
Aqui jaz Romeo... Jaz de permanecer, permanece seu, sempre...
 
 
Leo Magno Mauricio
Enviado por Leo Magno Mauricio em 07/09/2005
Reeditado em 07/09/2005
Código do texto: T48285
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leo Magno Mauricio
Guarulhos - São Paulo - Brasil
455 textos (14413 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:34)
Leo Magno Mauricio