Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

os caminhos que te levam


Subindo...
E descendo serra.
Por estas, estradas da vida.
Na boleia do meu bruto
Por tempos fiz, minha morada.
Mas, com os anos, tudo mudou.
Hoje já velho e cansado.
Só me restam saudades.
Dos meus tempos de estradeiro.
Dos meus irmãos caminhoneiros.
Companheiros de jornadas.
Por este lindo, chão brasileiro.
Do Norte ao Sul, tanto fazia.
Era o que eu sempre dizia.
A cada carga que eu pegava.
Pelas estradas, eu saia feliz.
Levando, buscando cargas.
No meu bruto transportando.
Pelos Pampas, Sertões e Caatingas.
A carga mais variada, também levava.
No coração, a carga mais valiosa.
A saudades da mulher amada.
Que sempre ficava, esperando por mim.
A cada viagem minha, ela dizia.
Jamais esqueça, os caminhos que te levam.
Eles o trarão de volta, ao nosso aconchego.

                           

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 09/09/2005
Código do texto: T48880
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147453 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:08)
Volnei Rijo Braga