Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A DISTANCIA (é como agua e fogo)


             A DISTANCIA
         (é como água e fogo)


Serenatas eu queria fazer, canções cantar.
Lindos versos de amor, para ela escrever.
Lembrar as antigas noites, velhas serestas.
Uma linda declaração de amor, a ela dizer.

Falar de saudades, que abstratas, me dizem ser.
Palavras, que não existem, que foi criada por nós.
Para lembrarmos, ausências, assim, eu ouvi dizer.
E não sentirmos tristeza, quando estivermos a sós.

Mas sua ausência me faz, chorar de saudades.
Felicidades, não tenho, se estou longe de você.
Na madrugada faço, serenatas, pra ela eu canto.

A distancia entre nós dois, é como a água e fogo.
Se junto ficamos, apagamos, apenas água restará.
Hoje eu sonho, faço serenata, e afogo meu pranto.

                                         


Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 11/09/2005
Código do texto: T49547
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147473 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:53)
Volnei Rijo Braga