Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Labirinto de Solidão

 Perdi-me num labirinto de ilusões,
 e não mais encontro a saída.
 Sentimentos entrelaçados cercaram-se de mim.
 Um verdadeiro turbilhão de emoções invadiu o meu ser.

 Na busca, achei a porta da dor e deparei-me
 com a tristeza transformada em saudade.

 Entorpecida pelo vento frio, em paredes geladas
 de onde deslumbro a tua imagem querida,
 e hoje tão distante!
 A saudade chega através de uma pequena luz, e
 que traz-me à memória o céu de amor por onde andei.

 Em espaços tão estreitos e sombrios, com gemidos
 de dores, onde se escuta o meu pranto.
 A minha alma chora a tua ausência!

 Onde estás meu amado? Onde te escondes?
 Não ouves o meu lamento?
 Dei-te o que eu tinha de maior.
 O meu céu, antes tão rico de amor,
 tornastes em Deserto, Solidão e Saudades!
Aurinete Alencar
Enviado por Aurinete Alencar em 29/09/2005
Código do texto: T54844
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aurinete Alencar
Campina Grande - Paraíba - Brasil
72 textos (6171 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:37)
Aurinete Alencar