Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AFINS

Almas afins,
pensamentos afins,
sonhos afins
e éramos opostos.
No comportamento,
no estado de espírito,
seres enfim contrários
e de total afinidade.
 
Porque calávamos para ouvir,
pensávamos para responder
e um acatava o outro;
quem tinha razão tinha.
Sempre cordatos, sensatos
companheiros,
sobretudo verdadeiros.
 
Fomos nossos troféus
bem merecidos
Precisei de ombro,
precisou de colo
e dois precisados unidos,
só pode mesmo ter sido,
coisa guiada pelos céus.
 
Porém, de tão afins que éramos,
assim, sem desavenças, pieguices,
ofensas, segredos,
aquele enredo perdeu a graça.
 
E quando optamos pelo fim,
entendemos
sem qualquer discussão,
apelos, gritos.
 
Só então, houve um desacordo
que os olhos revelaram:
Choramos escondidos...
um do outro!
Suzette Rizzo
Enviado por Suzette Rizzo em 30/09/2005
Código do texto: T55162

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Suzette Rizzo
São Paulo - São Paulo - Brasil
83 textos (2007 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:40)
Suzette Rizzo