Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CABRITA

Mas que falta voce me faz
aqui sozinho,não acostumo não,
ja nem sei mais trocar o gaz
ja tenho camisa sem botão.

Sei que reclamar não adianta
reclamar pela falta sua,
ja tenho dormido sem janta
ja estive dormindo na rua.

Nossa casa esta tão fria
e que o sol não tem entrado,
tem coisas que aqui não existia
ja vejo pulga pra todo lado.

Aqui esta tudo empoeirado
roupa suja ja tem de montão,
nem a cueca tenho lavado
alguem roubou meu caldeirão.

Comida,nada tenho acertado
sou um desastre no fogão,
o meu arroz fica salgado
fica sem sal,o meu feijão.

E muito triste viver sozinho
e triste viver sem uma muié,
e so a cabrita do meu vizinho
que vem me fazer um cafuné.
GIL DE OLIVE
Enviado por GIL DE OLIVE em 23/08/2007
Código do texto: T620201
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GIL DE OLIVE
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil
2600 textos (230432 leituras)
31 e-livros (2315 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 20:16)
GIL DE OLIVE