Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

paixões

no inverno das paixões
o amor é afeto
o carinho é a carícia da brisa
e o calor é o sol da manhã

no outono das paixões
o amor é ímpeto
suicida que se arremessa
ao abismo
e no mais profundo eu
abdica de tudo
somente para amar
se arrasta pelo chão
implora atenção,
roga por momentos
que fugidios se vão
se vão como folhas ao chão

no verão das paixões
tudo é fogo, é lava
é vulcão
os sentimentos são terremotos
arrasadores destruindo a
construção pacífica dos anos,
dos conceitos, da educação.
E num gesto insandecido
no derreter do calor máximo
funde-se tudo em um só
amor, carinho,
cotidiano e sobrevivência.

nas estações híbridas e misteriosas
da paixão
tudo passa,
passa o calor,
o frio,
a brisa
as frutas maduras,
as folhas envelhecidas
orvalhos ressecados
se transformam em lágrimas,
em emoções mornas,
ainda recônditas na alma.
A alma congelada na infância
que brota na velhice
num sorriso sem explicação.

Num gesto sublime e suave
de quem percorreu a aspereza,
a brutalidade, o serrado,
a caatinga...
Mas, umedeceu o coração
nas distantes monções de amor.
Gisele Leite
Enviado por Gisele Leite em 04/09/2007
Código do texto: T638509
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gisele Leite
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1629 textos (3699513 leituras)
33 áudios (5053 audições)
25 e-livros (142750 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 12:58)
Gisele Leite

Site do Escritor