Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ROSA AMARELA

Rosa vermelha e rosa amarela
são rosas para a tenue figura,
onde,estava olhando pela janela
onde me parecia,linda escultura!

Admirando,tão linda aquarela
ja no meio da noite tão escura,
e sonhando,estar ao lado dela
fico sorrindo,com a bela moldura!

Sera uma dama,ou uma donzela?
Não importa,se ja não for pura.
Estando aqui de sentinela
sinto-me embalado pela doçura.

Cada dia,á vejo mais bela
e vai aumentando essa ternura,
estou ficando preso numa cela
sinto meu coração,na armadura.

Sera Tereza ou sera Estela,
essa mulher da minha aventura?
So de pensar minha alma gela,
se essa paixão,não tiver cura.

Levando essa vida tão paralela
à dias,não vejo mais a criatura,
embora preso como arandela
ja precinto ,uma saudade futura.

Embora meu pensamento não revela
e tente demonstrar bravura,
mas a paixão,meu peito ja martela
sua nova morada,em mim inaugura.

Mesmo que estourasse a tramela,
não vai findar a minha amargura,
pois,ja não existe mais a janela,
e minha noite,esta mais escura...
GIL DE OLIVE
Enviado por GIL DE OLIVE em 06/09/2007
Código do texto: T641226
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GIL DE OLIVE
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil
2597 textos (229948 leituras)
31 e-livros (2314 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 05:52)
GIL DE OLIVE