Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONHEI A TI

Mulher hoje sonhei a ti no cocuruto
Onde o inesperado beijo a nós inundava
E tanta era a felicidade que até nos trespassava
Sonhei a ti no arrogante calor do curto-circuito

Nossos corações fustigados de paixão
Voaram às estrelas dentre os sóis
E na lua plantamos lindos girassóis
E numa nave espacial fomos em vão

Mulher sonhei a ti esta madrugada
Quando àquele calor da escuridão
Despertou meus anseios como o leão
Feroz que devora aquela manada

Ah, sim, sonhei mesmo a ti
E que ainda me negaras o último beijo
Quando com pejo já havias degustado a árvore
Tão negra no seio das galáxias de ali

Nkazevy
Enviado por Nkazevy em 27/10/2005
Reeditado em 30/04/2009
Código do texto: T64127
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nkazevy
Benguela - Benguela - Angola, 30 anos
168 textos (11333 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:33)
Nkazevy