Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Luciano Pavarotti

A música se fez triste
E a melancolia espalhou-se pelo mundo.
As asas negras da morte
Calaram a voz do sublime tenor.
Mas... eterna é a arte!
O seu canto potente ecoará para sempre
No panteão dos imortais!
Choram os corações terrenos por sua partida
Rejubilam os anjos por sua entrada nos céus.
Deus lhe deu o dó de peito como dote
Que nos encantou a alma tão sofrida
E agora te leva, Luciano Pavarotti
Para a sua última guarida.
Eis que o canto se fez pranto
E a nostalgia emudeceu
As notas que por encanto
Saíam dos lábios seus.
De luto se veste o canto
A música entristeceu
Do povo se ouve o pranto
O grande tenor morreu!
A alegria do seu sorriso
A sua voz que feneceu
Encanta hoje o paraíso
Justo lar que Deus lhe deu!
Edmar Claudio
Enviado por Edmar Claudio em 08/09/2007
Reeditado em 10/09/2007
Código do texto: T643694
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edmar Claudio
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
217 textos (25735 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 18:28)
Edmar Claudio