Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mala na mão


Você vem, me chega
me deixa acesa
me envolve o corpo
machuca meu rosto
segura minha mão

Descobre minha alma
tira minha calça
me rega em vinho
me dá seu carinho
nunca me diz não

Vem com seu mistério
me tira do sério
quando me engana
outro nome me chama
me deixa no chão

Um dia me fala
me manda e me cala
chorando me diz
que me quer feliz
no seu colchão

Me arranca suspiros
me cala os gritos
e eu, tão menina
percebo a sina
tu és o meu pão

Chegou de repente
me deixou demente
agora vai, some
não escuta teu nome
que eu grito de mala na mão.

Calíope
Enviado por Calíope em 09/09/2007
Código do texto: T645096

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Calíope
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
45 textos (3659 leituras)
1 áudios (109 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 07:13)
Calíope