Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No banco da escola

E de leve tua mão tocou a minha...
Enrubesci na mesma hora.
Minhas mãos formigaram...
Podia ouvir meu coração,
Que batia descompassado,
Quase me saindo pela boca.

Um par de belos olhos celestes
Fizeram-me tontear por não sei quanto tempo.

Eram tímidos os beijos,
Mas enriqueciam meu dia.
E tornavam-no cheio de brilho...
Esses instantes duravam dias...

Era anônima a dona dos olhos,
Ou tornou-se anônima com os anos.
Seu nome perdeu-se na memória,
Mas teus beijos, mesmo envergonhados,
Desenharam minha história.
Valter Pereira
Enviado por Valter Pereira em 14/09/2007
Código do texto: T652756

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valter Pereira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 40 anos
237 textos (8180 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 10:41)
Valter Pereira