Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CRISTAL QUEBRADO

Náufraga de sonhos,
tenho saudades de mim mesma.
Guardiã estática
de uma performance em cacos,
já não sei quem sou.

Quebrou-se o cristal!
Incendeiam-se restos de esperança,
multiplicando a inércia dos instantes.
A solidão se faz...
Sonho frustrado.
Permito-me o impossível
porque as portas me fascinam.

Vivo emoções do tempo que se foi.
Das derrotas,
guardo o aprendizado.
Não fujo de nada!
Nada em mim petrificado está.
Há muito sentimento
ainda.

Mergulho nos meus cantos,
escudo-me na coragem,
pois inteira sou
para esta viagem seguir.  
Genaura Tormin
Enviado por Genaura Tormin em 01/11/2005
Código do texto: T66133
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Genaura Tormin
Goiânia - Goiás - Brasil, 71 anos
311 textos (395895 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:10)
Genaura Tormin