Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
ARREBATAMENTO

A cada dia que passa

Atormenta-me a saudade

Não há nada que eu não faça

Para ter a minha liberdade.

 

Saudade que não fascina

Mas é companheira constante

Nesta dor me alucina

Num sofrimento dilacerante.

 

Mesmo que eu tente fugir

Ela sempre me persegue

Já a mandei partir

Mas viver sem mim ela não consegue.

 

Saudade por não te ver

E nos teus braços me sentir

Dando-me tanto prazer

Mas só o que vejo é você partir.

 

A dor que trago na alma

Provocada por esta saudade

Tira-me toda a calma

E a minha sensibilidade.

 

Venha logo meu amor

Acabar com este sofrimento

Ponha fim a esta dor

Dê-me em teus braços este arrebatamento.

 

ANGELICA ARANTES
Enviado por ANGELICA ARANTES em 08/10/2007
Código do texto: T685359
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ANGELICA ARANTES
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
4373 textos (289502 leituras)
72 e-livros (3873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 09:03)
ANGELICA ARANTES