Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Frutos de espera

 

Entrou na minha vida como estrela
E assim permanece como brilho do encontro
Derramando luzes por meu peito
Fazendo constelações que me acompanham
Retirei do seu corpo fortaleza e me envolvi
E divaguei percorrendo mundos que me mostrou
Mundos que só o verdadeiro amor conhece
Ensinou-me, começando das primeiras letras
Não se ausente agora amor, não distancie tanto
Os pássaros e os bosques esperam pelas horas
A serra espia e estira braços que se abrem
E tocam e procuram e chamam
Não se ausente tanto que os verdes permanecem
Mas reclamam sol e água
Já não bastam as constelações
Há urgentes teias e espaços que se estendem
As horas tocam as noites
Há relva e frutos de espera
     
 
   

 
Regina Romeiro
Enviado por Regina Romeiro em 25/10/2007
Reeditado em 25/10/2007
Código do texto: T708981

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Regina Romeiro
São Sebastião - São Paulo - Brasil
483 textos (29658 leituras)
4 áudios (711 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 07:41)
Regina Romeiro