Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA MÃE


Sebastião Gomes de Oliveira  (Paraibuna  SP)

HOMENAGEM DO AUTOR  À SUA QUERIDA E SAUDOSA MÃEZINHA.

Eu me lembro, quando era criança,
Eu te vi muitas vezes chorar.
Guardo bem esta triste lembrança
Da pobreza que era meu lar.

Tu pensavas talvez no futuro,
Numa vida feliz para mim,
Porém, eu não gostava, eu juro
De te ver tão tristonha assim!

Nossa vida, mamãe, era dura,
Era mesmo uma luta cruel!
E nas horas de dor, de amargura
Tu pedias o auxilio do céu.

Ajoelhada ante a cruz do Senhor,
Quantas vezes te vi a rezar!
Teu olhar, reluzindo de amor,
Eras como uma santa no altar!

O "Pai nosso" a "SAlve Rainha"
Me ensinaste a rezar cada dia.
Me falaste também de Jesus,
Me contaste da Virgem Maria.

Quantas vezes no dia das mães,
Eu te dei um abraço, uma flor!
Porém hoje, mãezinha querida,
O meu peito se enche de dor...

Já não estás mais aqui, minha mãe!
Tu partiste pra junto de Deus.
E o teu dia "o dia das mães,"
Tu por certo, festejas no céu.














Antônio Oliveira
Enviado por Antônio Oliveira em 02/11/2007
Código do texto: T720074
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antônio Oliveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 72 anos
702 textos (561406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 01:04)
Antônio Oliveira