Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ode à Uma Família

Caminham num vilarejo,
minhas palavras.

Constroem casas,
pontes e castelos
Onde a saudade faz morada
E o silêncio se acomoda

Numa casa, um momento
um sorriso, uma alegria.

Numa ponte, um medo
uma solidão, um refúgio.

Num castelo, antigas fotos
Histórias-mil, sol de inverno.

Olhos mudos me encontram
amiúde, em corredores frios.
E sinto falta de um carinho,
ou de um simples instante sem cor
que me traga as notas riscadas
de um velho disco de vinil.

Em minha mente ecoam vozes,
que sussurram e suspiram
e que me levam de volta
à um quarto, onde nunca dormi.
E eu adormeço sob o ar
dum outono de folhas murchas

Procuro nas esquinas,
nos espelhos, nas escadas.
E a saudade me encontra
em lágrimas silentes.
Fecho os olhos,
e sinto-me em casa.
Cheiro de leite quente.
Um coro de risos
que emudece a angústia
Elton Veloso da Silva
Enviado por Elton Veloso da Silva em 05/11/2007
Código do texto: T724883
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Elton Veloso da Silva
Pedreira - São Paulo - Brasil, 31 anos
110 textos (7086 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 15:28)
Elton Veloso da Silva