Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALVORADA

Procurei-lhe nas estrelas mais belas
Nas vastas noites
Insones,
Não te achei
Esperei no soluço das horas vazias
Enlameadas de silêncio
e melancolia
Mas você não veio
A alvorada dos meus sonhos
Raiou aos teus pés,
Tão frágil,  tão linda
E você nem viu



Celio Govedice
Enviado por Celio Govedice em 10/11/2007
Reeditado em 10/11/2007
Código do texto: T730943

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Celio Govedice
Santana de Parnaíba - São Paulo - Brasil
1260 textos (68770 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 22:12)
Celio Govedice