Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A sua última diversão

 

Mãe querida, relembro com saudade
A senhora brincando com o seu sapinho
Que comprei Lá em Friburgo
Pra senhora ficar feliz
E nos dias seguintes foram tantas alegrias
Que a senhora só sabia rir
Foram dias de trocas e brincadeiras
E a senhora se divertiu
Cantou, brincou, conversou e ouviu

Mãe, ele fez parte da sua história
E tenho certeza que foi no seu coração
Foram momentos tão lindos
Que seu semblante rejuvenesceu
O sapinho como eu ficamos tristes
São momentos que não voltam
Mas que ainda estão aqui
Nesta casa, na sala, no quarto,
E, principalmente, em meu coração

Ele cantava, lembra?
“O sapo não lava o pé, não lava porque não quer
Ele mora na lagoa, não lava o pé, porque não quer.
Mas que chulé!” (E a senhora dava gargalhada...)

Obrigada, mãe, por ter ficado comigo
Até os seus derradeiros dias...
Obrigada, por me ter dado o prazer de sua companhia
Por tantos anos.
Obrigada, minha mãe, jamais esquecerei.
Eu te amo!
Fique em paz!

 

Jandira Mendes Coelho
Enviado por Jandira Mendes Coelho em 15/11/2007
Reeditado em 15/11/2007
Código do texto: T737866

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jandira Mendes Coelho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
358 textos (15961 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 13:43)
Jandira Mendes Coelho