Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Descomeço

Ficava ali, parado, contando as folhas das árvores
Que jaziam imóveis como se o tempo
As houvessem paralisado por um breve instante,
Sugando-lhes toda a sua vida.

Cada rosto sem sombra me enchia de alegria;
Mas ao notá-lo revelado,
A angústia, minha doce e fiel companheira,
Mostrava-me novamente suas garras.

Por horas construía momentos,
Calculava simetricamente minhas brincadeiras,
Edificava a possibilidade de encontrar;
Em algum canto pequeno,
Jogado propositadamente entre o suor de mais um dia.

Mas a cena repetia-se;
A vã esperança era afogada por um mar de lágrimas;
Retratos de uma precocidade à tona;
Fisgado por momentos caídos no esquecimento,
Ou então apagados pela memória.
Valter Pereira
Enviado por Valter Pereira em 21/11/2007
Código do texto: T746473

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valter Pereira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 40 anos
237 textos (8181 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 20:45)
Valter Pereira