Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ausência

Não sinto mais a sua pele tocando a minha por longos períodos
Sinto a falta dos seus beijos
Saudade de sua voz
De simplesmente ouvi-la
Cadê seus olhos lindos
Cadê o suave de suas mãos
O barulho de seus passos
A leveza de seus braços

Não lhe culpo pela distância
Apenas sofro pela ausência

Tenho amor e não lhe vejo
Tenho medo e não lhe abraço
Tenho raiva e não me aquieto
Tenho fraqueza e não levanto
Tenho dor e caio aos prantos

Tenho ódio e não o fomento
Tenho coragem e acalento
Tenho alegria e te agrado
Tenho força e te amparo
Tenho prazer e me embriago

Você não sabe como me faz falta
Mas quando estou com você
Tudo Acaba
Anjo Enfermeiro
Enviado por Anjo Enfermeiro em 23/11/2007
Código do texto: T749382
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Anjo Enfermeiro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 35 anos
198 textos (6738 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 22:54)
Anjo Enfermeiro