Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAUDADE

Meus olhos não te vêem, o coração sente,
Por isso faço um trocadilho com o ditado;
Essa distância, você de mim tão ausente,
Aqui saudoso, faço um poema enamorado.

A saudade aperta alma, desafina o coração;
A tua ausência, faz-me recordar momentos,
As lembranças ficam vivas, suprema ilusão;
E para você direciono os meus pensamentos.

De saudades vive sombria minha triste alma,
Que espera por teu retorno para o meu colo,
Uma música romântica que toca me acalma,
Minhas lembranças perduram então eu choro.

Estou aqui esperando ansioso o teu retorno,
Contando dias, horas, intermináveis minutos,
Para sentir de novo o contorno do seu corpo;
Matar esses desejos que em mim são muitos.
Lúcio Astrê
Enviado por Lúcio Astrê em 24/11/2007
Código do texto: T751277

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lúcio Astrê
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil, 60 anos
263 textos (10231 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 00:54)
Lúcio Astrê