Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEIXARIA A MINHA ALMA



Na gélida noite buscava,
teu corpo macio e quente,
que nossa cama esquentava,
como chama ali presente.

ai que saudades

Da tua pele aveludada,
de teus peitos divinais
onde adoravas ser beijada,
Dizias, não posso mais.

ai que sauddes

Das noites não dormidas,
com teus lábios molhados,
com nossos corpos suados,
espiados pelas pombas recolhidas.

ai que saudades

desejava voltar aquela cama,
da rua da Palma,
veria morrer minha chama,
deixaria a minha alma.

Alberto M. de Campos
Alberto M de Campos
Enviado por Alberto M de Campos em 28/11/2007
Código do texto: T755897

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alberto M de Campos
Portugal
160 textos (3031 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 22:19)
Alberto M de Campos