Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRAZ TUA BOCA DO MEU VERSO.


A doçura de tua boca, eu não posso esquecer,
Nos meus braços feita louca, eu te fiz adormecer,
Entre alas de ternuras, entre cântaros de amor,
Tua boca tão pequena, me jurou tanto dulçor!

E o céu viu esta cena, quando tu minha pequena,
Ao meu corpo incendiou, eu ficando abrasado,
Bem juntinho do teu lado, no forno do teu calor!
Lembro do teu lábio aberto, me falando bem de perto,

A distância é um horror, não te deixarei amor!
E hoje o fel desta saudade, me dá uma ansiedade,
Que me amarga e que me inunda! A solidão é um barco,

Que sozinho entre ondas, se perde e se afunda!
Volta amor que eu te peço, meu carinho eu não meço!
Tira-me, pois, do meu charco, traz tua boca do meu verso!






Malume
Enviado por Malume em 01/12/2005
Código do texto: T79312
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16865 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:08)
Malume