Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bilhete

BILHETE.

Delasnieve Daspet

Nos meus guardados,
Um bilhete amassado
Um bilhete de amor,
Amarelo pelo tempo,
Achei.

Ler o bilhete levou-me
- Novamente -
A adolescente tresloucada,
Apaixonada, a espera de um carinho.
Desnuda de sofrimentos,
Enamorada do prazer de amar!

E meu olhar, hoje cansado,
Outrora meigo olhar,
Tornou-se outra vez inquieto,
Perverso, curioso,
Pelas frestas iluminando as
Esquinas de teu corpo,
Numa loucura sem fim!

Namorei-te tanto tempo
Escondido,
No silêncio de minha tímida
Admiração!

Do bilhete escrito e que nunca recebestes
Até hoje -
Tanto tempo é passado!

Continuei saboreando cada minuto
Desse amor idealizado
Pela minha mocidade,
E que se perdeu pelos caminhos
De minhas saudades!

Não houve soma.
Não houve conjunção de nossos planetas.
Segui meus sonhos...
E o doce amor juvenil
Que hoje revivo
Se perdeu no tempo e no espaço
**24-05-2002 - 23,30 hs
Campo Grande MS
Delasnieve Daspet
Enviado por Delasnieve Daspet em 03/12/2005
Código do texto: T80594
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Delasnieve Daspet
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 66 anos
654 textos (28484 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:34)
Delasnieve Daspet