Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À TUA AUSÊNCIA

Continuo sem compreender a tua ausência.
Como quero e desejo a tua companhia.
como gostaria de saber que finalmente um  dia
Sem se importar com hora ou lugar
Você como criança indefesa e inocente se entregaria.
e em meus braços se deixaria amar.
Continuo sem compreender a tua ausência.
sem entender qual motivo ou qual razão
que fazem de você homem de gelo
que um dia derreteu meu coração.
Continuo sem compreender a tua ausência.
Será que valeria a penas tentar compreender?
Acho que não.
Fique na incógnita do tempo.
Porque acredito que a partir do momento
que eu passasse então a entender,
Eu já não mais sofreria
mas você,
viesse a me perder.
Célia F
Enviado por Célia F em 13/12/2005
Código do texto: T85531
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Célia F
Diadema - São Paulo - Brasil, 57 anos
130 textos (4683 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:26)
Célia F