Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA DA SAUDADE


 Eterna noite de sentimento
 A mágoa e tormento, sofrimento presente
 A saudade do amor ausente
 Quem dera ser o vento.

 Ser parceira na tempestade
 Seguindo na existencia do tempo
 Fazer-me ouvir por entre lamentos
 E espalhar nas areias a saudade

 Nos uivos gritantes
 Rito d'alma errante
 Pelo vento estridente
 E dizer a saudade:
 ADEUS PARA SEMPRE!
Aurinete Alencar
Enviado por Aurinete Alencar em 19/12/2005
Código do texto: T88352
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aurinete Alencar
Campina Grande - Paraíba - Brasil
72 textos (6171 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:12)
Aurinete Alencar