Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Declaração

O desejo intenso em
ter-te, ver-te, sentir-te
me leva a sonhar a todo tempo.
Sonhos pelos quais estou fazendo de tudo
para imprimí-los na realidade.
Nem assalto, nem fome, nem morte...
Meu medo maior é me perder de ti.
É agir de forma que dúvidas
à respeito do que sinto, surjam em você.
Mas o que exatamento sinto?
O que eu sinto eu sei, mas ainda não
nomeei este sentimento.
Não é amor nem amizade.
Este sentimento é novo,
jamais sentido antes.
Mas o futuro há de o nomear.
Enquanto ele não vem,
estaremos nos preparando para o mesmo,
dando atenção especial ao presente.
Ah, o meu presente...
Passado nenhum se igualará
ao que estou vivendo.
Não há palavras que o descreva
com exatidão.
Mas veja, sinta e acredite.
Desfrute deste sentimento e
de tudo o que tenho a te oferecer,
pois já me ganhaste por completo,
sou teu!

Fontes
Enviado por Fontes em 19/12/2005
Código do texto: T88411
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fontes
São Paulo - São Paulo - Brasil
36 textos (2961 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:14)
Fontes