Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A CARTA SOBRE A CAMA

Sinto perfumes tentadores...
No ambiente não há flores.
De onde vêm esses odores?

De violetas multicores
Ou dos sentidos clamores
Das preces dos sofredores

Percorrendo os azulores
De límpidos céus interiores
Depois de dissipadas as dores?

Ou saem de femininos toucadores,
Dos frascos que os trovadores
Presenteavam seus amores?

Serão, por acaso, portadores
De mensagem dos orientadores
Vinda das esferas superiores?

Após muito indagar, tercetizar,
Percebi que os perfumes
Não vinham do céu nem do mar,
Tampouco das flores dos cumes

Das montanhas da saudade;
Mas da carta sobre a cama,
Entregue ao cair da tarde,
Pelo homem que me ama.

04/01/06.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 04/01/2006
Reeditado em 27/02/2006
Código do texto: T94575

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343271 leituras)
19 áudios (10580 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:04)
Maria Hilda de Jesus Alão