Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O mal começou cedo

O mal começou cedo


O relento é minha casa,
Sou um pássaro sem asa
Que fugiu de casa e da escola,
Vivo assim, se não roubo peço esmola.


Tudo que faz mal, eu conheço,
Comecei cheirando com cola,
E assim a vida rola,
sem trabalho e sem escola.


Dizem que vida decente não mereço,
Pobre no país é quem paga o preço,
Rico tem tudo e quer mais,
E nos os mendigos,
vivemos como animais.


Não sei se isso um dia vai mudar,
Cadeia eu sei tem demais,
Só não tem é chance
Para quem quer demudar






 






Comendador Carlos Donizeti
Enviado por Comendador Carlos Donizeti em 19/01/2006
Código do texto: T100767
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Comendador Carlos Donizeti
Hortolândia - São Paulo - Brasil, 58 anos
135 textos (4261 leituras)
12 áudios (448 audições)
6 e-livros (568 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:41)
Comendador Carlos Donizeti