Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A lua e eu

A lua e eu

Quando a olho no teu sorriso branco e enigmático
Tenho pena dos trovadores e menestréis
Que deixam-se seduzir por este brilho metálico
E amantes insatisfeitos, procuram por ti pelos bordéis.

A outros que cansados de sonhar em te tocar
Afogam os desejos escondidos,
E seus pensamentos tristes, desiludidos
Bebendo de variados vinhos em diferentes tonéis.

És uma amante infiel e ingrata,
Apesar de receberes tantos louvores, odes, serenatas
A ti nada importa, nada toca, só a beleza que retratas
Em tantas faces, que aos amantes mostras.

Eu te invejo, a beleza, o brilho a graça inata.
Embora de ti esteja tão farta
És o espelho de meus humores
E a lembrança de outros tempos

Em que eu sentava na varanda
E te espiava convencida de que amava
Com uma taça para ele eu proclama
Meus sonhos, meus ideais, minha alma desnudava.

Tu és mais fortes,
Vencestes a morte
E aí de cima onde estás
Podes iluminar o campo onde ele jaz em paz.
Aradia Rhianon
Enviado por Aradia Rhianon em 14/02/2006
Reeditado em 26/11/2014
Código do texto: T111816
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aradia Rhianon
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1208 textos (87693 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:02)