Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O FIM


De repente perdemos o rumo
Ficamos cegos por instantes
O mundo ficou fora do prumo
Tudo se tornou degradante

Os gestos se tornaram selvagens,
As palavras ofensivas
Os olhares cheios de ódio e voragem
Destilando fel de maneira agressiva

Desejos de vingança nas almas dilaceradas
E tal qual feras feridas
Rasgamos com as garras afiadas
O espesso tecido de nossas vidas

Nada ficou no lugar
Como num terremoto, tudo se destruiu
E naquele momento tão rude e vulgar
O que restava do nosso mundo, ruiu...

27.02.2006
Vitória-ES


Baby
Enviado por Baby em 02/03/2006
Código do texto: T117570
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Baby
Vitória - Espírito Santo - Brasil
587 textos (21959 leituras)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:14)
Baby