Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tristeza...

A tristeza chega e sem que possamos
Fazer nada se instala... e nossa alma
E coração nela se afundam
Perigosamente... desfeitos em ais...
Vem aquela dor e a sensação do nunca mais...
Nunca mais sorrisos, nunca mais música,
Nunca mais festas ao luar...
Ah, tristeza vá embora... solte-me,
Deixe-me sorrir e dançar..
Jamais permitirei que venças
Minha vontade de viver e cantar...
Ainda que você me afronte,
Ainda que me deixe molhada de lágrimas,
Ainda assim continuarei amando a vida,
Ainda assim continuarei amando...
Tristeza que cala fundo em meu ser,
Querendo que minha esperança se
Acabe, que meu sol deixe de brilhar..
Saiba, sou teimosa, muito tinhosa
Cantarei o amor, cantarei bem alto
Porque sei que isso lhe incomoda...
E nesta noite que você me quer cativa,
Farei festa, cantarei minha canção preferida
Que fala em amor, liberdade, felicidade...
Por mais que me faça pisar terras estranhas,
Que me atire ao solo, de pé ficarei,
Sorrindo de você e de sua pobreza...
Olharei o pássaro em seu
vôo cortante, altaneiro...
Deixarei que as forças da natureza
Multicolorida façam festa em meus olhos,
Que o ar da manhã revigore minha existência...
Assim confundida você irá pela estrada,
Sozinha... vencida... perdida e mal amada!...
Mary Trujillo
02.09.2004

Respeite o sdiretos autorais
Mary Trujillo
Enviado por Mary Trujillo em 04/03/2006
Código do texto: T118448

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mary Trujillo
São Paulo - São Paulo - Brasil
387 textos (25774 leituras)
41 áudios (1840 audições)
8 e-livros (1171 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:16)
Mary Trujillo